Estsanatlehi - Deusa da Fertilidade e do Recomeço

Leave a Comment

Estsanatlehi - Deusa da Fertilidade e do Recomeço | Wicca, Magia, Bruxaria, Paganismo
Read it in English
  • Atribuições: Fertilidade, Ciclos, Rejuvenescimento
  • Símbolos: Terra, Milho e Turquesa
  • Local: América do Norte
Estsanatlehi - Deusa Navajo
Artefato representando Estsanatlehi
Estsanatlehi é uma Deusa cultuada na tribo Navajo, na região do Arizona na América do Norte. De acordo com seu mito, Estsanatlehi foi encontrada por Atse Estsan, a primeira mulher, próxima a uma montanha. Alimentada de pólen, a Deusa atingiu a fase adulta em apenas dezoito dias. Já adulta, a Deusa encontrou um amante e todas as noites se encontrava com ele para fazer amor. Seus pais, a primeira mulher e o primeiro homem, um dia a seguiram, porém só encontraram pegadas da Deusa. Isto os fez ficarem muito contentes, pois o amante, por não deixar rastros, era o Sol!

Estsanatlehi vive numa casa flutuante nas "águas do oeste". Toda a noite, após sua jornada, o Sol vai até lá para ficar com sua amada.

Os nativos da tribo Navajo a chamam de Changing Woman (Mulher Mutável), graças a sua habilidade de permanecer jovem durante o verão e a primavera, se tornar uma anciã durante o outono e inverno e se tornar jovem novamente com o retorno da primavera.

Diz-se também que a Deusa teve filhos gêmeos com o Sol e que, em apenas oito dias, eles já atingiram a fase adulta. Neste momento, os dois foram presenteados com armas mágicas por seus pais para que combatessem os monstros que assombravam a Terra. Após estas batalhas, quatro monstros permaneceram para que as pessoas pudessem dar valor à vida: a miséria, a idade, a fome e o inverno.

O ciclo da vida e o recomeço

O mito de Estsanatlehi nos mostra que não devemos temer o tempo, uma vez que tudo faz parte de um ciclo necessário para nossa vida. Sua habilidade de rejuvenescer, após o temido inverno, na primavera e verão também nos ensina que não devemos desistir quando estamos em algum período difícil, pois sempre, sempre iremos renascer com mais força!

Siga e ouça gratuitamente Trismegistia no Spotify



Invocando Estsanatlehi

Lembrete:
Dentro da Wicca não existem regras e nem receitas prontas para invocar nenhuma Deusa. O ritual de invocação parte de dentro de cada um. Porém, ao vermos os mitos e símbolos de cada Deusa, podemos sugerir formas de invocá-las. Lembre-se também de checar nosso Calendário para datas festivas, eventos e curiosidades.
A invocação de Estsanatlehi pode ser feita quando precisamos de orientação ou ajuda para renovarmos nossas energias ou para seguirmos em frente com confiança. Quantas vezes não pensamos que determinado acontecimento será o fim de tudo? Ou que nós jamais conseguiremos sermos felizes após algum fato? Isto, infelizmente é comum. Fomos condicionados a ter este tipo de pensamento por nossa sociedade e pelas religiões dominantes. Porém, não há com o que se preocupar. De verdade! Basta termos confiança em nós mesmos e na Deusa.

Uma sugestão de ritual para invocar a Deusa é através da reflexão dos ciclos pelo qual estiver passando. A Deusa vive seu ciclo de quatro estações, onde ela nasce e renasce na primavera, se torna adulta no verão, começa a envelhecer no outono e se torna uma anciã no inverno. Se pararmos para pensar, tudo em nossas vidas segue este "roteiro". Portanto, ao invocar a Deusa, reflita sobre o atual ciclo pelo qual você está passando para que ela possa fornecer a força e a confiança necessária para que você renasça!

Caso deseje construir um altar para a Deusa, decore-o com pedras azul turquesa. Estas pedras simbolizam a casa da Deusa nas "águas do oeste" e o seu chão fértil.

Tarot da Deusa

Tarot da Deusa Carta III Estsanatlehi
Estsanatlehi é uma das Deusas presentes do baralho do Tarot da Deusa. A carta número III, Estsanatlehi, representa a Fertilidade:

Esta benevolente Deusa do milho de Navajo simboliza a mutável e fértil terra. Como a própria terra, Estsanatlehi aparece como uma jovem dama nos meses da primavera e do verão; como a roda do ano muda para o outono e inverno, ela muda de idade para uma anciã.